POLIDEPORTIVO 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ESTIRAR

O pavilhão está bem implantado, tem uma boa relação com a cidade, espaço a Norte para uma estupenda praça de relação com a cidade e suficientemente ampla para receber uma multidão para ver os jogos.

Testamos os limites do terreno a Este e a Oeste. A proximidade, a Este, do pavilhão à rua, confere ao edifício um carater mais urbano, fazendo com que este tenha uma fachada que faz rua. A Oeste a sua ampliação não vem prejudicar o parque de estacionamento nem os acessos já criados. A nova fachada é mais transparente, em policarbonato e estrutura metálica, que vai permitir a iluminação dos campos durante o dia, e durante a noite a luz passará para fora, para a rua. O seu material de baixo custo permitirá também cumprir as expetativas orçamentais da obra.


APROVECHAR

Palavra de ordem para uma intervenção de baixos custos. Com a ampliação do corpo central, estamos a manter os equipamentos de apoio e as principais infra-estruturas. A estrutura, pilares e cobertura do pavilhão existente serão totalmente reaproveitados, mas re-colocados. Os equipamentos de apoio serão remodelados mas a sua estrutura e infra estrutura mantêm-se. A entrada dos desportistas faz-se pelo lado sul, não estando misturada com o acesso do público. O ginásio será apenas reajustado para dar lugar a uma ampla e central entrada. A cafetaria está a cima do espaço entrada, com vista para o ginásio, e passará a ter uma esplanada (em cima da pala de entrada) para que possa ser utilizada pela cidade independentemente dos jogos.


AÑADIR

Um corpo central que resolva os acessos principais e o circuito do público. Um peça nova que resolve a entrada a Norte com uma pala que leva à receção e depois se desenvolve na transversal do edifício, percorrendo-o com uma rampa que leva os visitantes às bancadas de ambos os campos. Em betão e estrutura metálica, este corpo tem a intenção de ser uma peça de referencia arquitetónica, pelo seu desenho e pelo percurso que cria no edifício. As bancadas flutuam por cima da rampa, o que criará uma sensação divertida para quem atravessa o edifício.

Com o estiramento do edifício conseguem-se assim dois grandes campos, uma praça urbana e mais lugares de estacionamento no lado sul.

localização / location

Collado Villalba, Spain

 

data / date

2017

cliente / client

public

autora / author

Teresa Otto

colaborador / collaborator

Thibaud Stelmaszyk